terça-feira, 28 de agosto de 2012

Filmes de Plástico



Chegamos em uma época no cinema americano que os estudios e produtores voltaram a ditar as regras na ideia criativa do filme, agora os diretores são apenas fantoches. Igual hoje, foi o cinema nos anos 30, 40 e 50.

No fim dos anos 60 houve aquela revolução onde o diretor se transformou no centro criativo, fase que durou até inicio dos anos 90, isso resultou em obras que não se vê atualmente nos EUA (Taxi Driver, Poderoso Chefão, Todos os Homens do Presidente, Easy Rider, ET, Blade Runner, Cãe de Aluguel) somente em produções longe das garras dos grandes estudios.

Os filmes americanos são igual plástico, como a cabeça dos jovens. Se consome "arte" como se fosse Junkfood, é assim na música, cinema, relacionamentos, etc. Essa geração de filmes que saem hoje nunca serão clássicos, é tudo feito muito rápido, sem sentimento, sem amor. É sempre a mesma fórmula. Filmes que se gastam 100 milhões mas que poderiam ser feitos com menos de 1 milhão.

Agora hollywood está pegando ótimos filmes europeus e asiáticos e os plastificando a sua semelhança. A refilmagem de Old Boy é um exemplo, o maior equívoco da década.

3 comentários:

Paulo Henrique disse...

Nunca vi old boy, é bom?

Gory disse...

foda !

H-RJ disse...

Old Boy

http://thumb.mais.uol.com.br/12243037.jpg?ver=0

Postar um comentário

Abobra Diário.